Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Veja como lidar com o uso do videogame e da internet durante as férias dos filhos

internet

As esperadas férias chegaram e os filhos querem aproveitar o tempo livre para se divertir o máximo possível. Porém, para muitas crianças e jovens não é preciso nem sair de casa, pois as principais diversões estão bem perto: o videogame e a internet.

No período de aulas, é comum os pais restringirem o tempo de uso desses dispositivos, garantindo que o filho se dedique também aos estudos. Mas, nas férias, o uso do videogame e da internet pode ser liberado? É prejudicial para a criança ficar horas e horas somente nestas atividades?

Para esclarecer essas e outras dúvidas comuns entre os país nesse período de férias, listamos a seguir algumas dicas de como equilibrar o uso do videogame e da internet. Confira!

Proibir não é a melhor decisão

Na tentativa de fazer o filho se interessar por outras atividades além do videogame e da internet, muitos pais optam por proibir o uso desses dispositivos. No entanto, essa não é a melhor opção, ainda mais nas férias, quando os filhos precisam ocupar o tempo livre. Até porque a restrição não será completa, já que o jovem poderá acessar esses recursos tecnológicos na casa dos colegas.

A dica é conversar com o filho para que ele equilibre o uso do videogame e da internet com outras atividades, como passeios, leitura, filmes e atividades em grupo com os amigos. Na sequência, vamos dar dicas de como nivelar as tarefas dos filhos nas férias.

Crie uma programação para os dias de folga

Com tempo vago, é claro que os filhos vão optar por fazer as suas atividades preferidas. Por isso, é interessante montar junto com a criança ou jovem uma programação para as férias, evitando que ele passe o mês inteiro apenas nesses recursos, o que pode trazer dificuldades de socialização, além de problemas de postura, visão e audição, caso o jovem fique muito próximo da tela dos dispositivos ou usando fone de ouvido com volume acima do recomendado.

Boa parte dos pais não conseguem acompanhar o recesso de julho dos filhos por conta do trabalho, mas eles podem pensar em algumas atividades para o fim de semana ou mesmo para as noites, como festa do pijama, cinema em família, entre outras.

Para ocupar parte do dia, vale verificar se o filho tem interesse em fazer alguma oficina, uma ótima oportunidade de entretê-lo com outras tarefas nesse período. Fazer uma programação dos dias é fundamental para evitar excessos e o tédio dos pequenos durante as férias.

Fique atento aos conteúdos acessados pelo filho no videogame e na internet

Como vimos, permitir que os filhos utilizem esses recursos com equilíbrio é a melhor decisão que os pais podem tomar. Porém, é preciso ficar atento aos conteúdos dos jogos e dos sites acessados pelo seu filho.

No caso do videogame, por exemplo, há jogos bastante violentos e que podem fazer com que os filhos, principalmente os mais novos, acreditem que esses comportamentos agressivos são comuns e podem ser praticados na vida real. O mesmo vale para a internet, já que os jovens estão expostos a inúmeros perigos.

Alguns controladores instalados nos computadores, tablets e smartphones conseguem restringir o acesso a sites que possam oferecer riscos ou conteúdos impróprios para a faixa etária. No videogame, a própria família consegue verificar quais jogos estão no console do filho, evitando que ele jogue games violentos.

Você conferiu no artigo de hoje dicas de como lidar com o uso do videogame e da internet durante as férias dos filhos. Para continuar por dentro dos assuntos relacionados à educação, não deixe de acompanhar as próximas postagens do nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer mais conteúdo?

Preencha os dados e receba o melhor conteúdo sobre educação e atualidade!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This