Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Saiba porque o processo de socialização é tão importante na infância

socializar

É durante a infância que a criança tem o primeiro contato com a socialização. Esse processo tem início em casa, quando o pequeno começa a compreender que há outras pessoas para conviver além do pai, da mãe e dos irmãos.

Mas, é na escola que a socialização é realmente potencializada. Além de dar início ao seu processo de formação educacional, o aluno acaba tendo a oportunidade de conhecer novas pessoas e começar a construir relações interpessoais saudáveis,ampliando os seus parâmetros de comportamento.

Entretanto, esse importante processo de socialização não ocorre de uma hora para outra. Ele acontece em pequenas fases, de acordo com o tempo e perfil da criança. Na infância, os pequenos  conseguem absorver muito bem as informações, o que faz com que eles compreendam facilmente a importância desse processo. Mas, é importante enfatizar que a  participação dos pais e dos educadores é essencial para que a integração transcorra bem dentro e fora da escola.

A seguir, iremos apresentar outros pontos importantes sobre a socialização na infância, um processo que impacta diretamente na formação dos estudantes. Confira!

Socialização faz parte do processo de formação integral do aluno

Vimos que a socialização faz parte da infância de todas as crianças. O que muda é o modo como cada uma delas enxerga e lida com esse processo. Apesar das particularidades, a socialização na infância representa uma importante etapa do processo de formação integral do aluno. Isso porque, ao socializar, a criança se depara com diversas situações, envolvendo diferentes pessoas e experiências que contribuem para que o pequeno cresça com uma visão mais ampla e tolerante do mundo.

Sem falar que a socialização na infância permite que a criança internalize pontos básicos sobre a convivência, como repartir algo com outra pessoa, respeitar o próximo, esperar a sua vez, ouvir as pessoas e lidar com situações de frustração. Essas habilidades desenvolvidas durante a socialização são fundamentais para que a criança se torne no futuro um adulto íntegro e com boas relações interpessoais.

Como saber se a criança está socializando bem?

Depois de conhecer a importância da socialização para a formação integral da criança, é comum os pais ficarem mais atentos a esse ponto. Há algumas formas de analisar se o pequeno está socializando bem ou se ele encontra dificuldades nesse processo. O primeiro passo é fazer uma auto-análise, pois os pais devem ser os grandes incentivadores da socialização dos filhos.

Crianças com pais superprotetores encontram mais dificuldades para interagir com outras pessoas, até mesmo com crianças da mesma idade. Isso acontece, em boa parte dos casos, por conta do receio dos pais, que muitas vezes impedem que os filhos se aventurem em novas descobertas.

Outra dica é observar como o filho reage sempre que precisa socializar com pessoas desconhecidas, por exemplo, durante um passeio no parque. Existem crianças que “tiram de letra” esse processo e adoram se comunicar com as pessoas. Mas, como mencionado no início, há também os pequenos mais tímidos e que demoram um pouco mais para se sentirem à vontade. Em ambos os casos, para que a socialização siga tranquila, é fundamental respeitar o tempo da criança, a incentivando de maneira natural e não por meio de cobranças.

No artigo de hoje, apresentamos a importância da socialização durante a infância, que contribui diretamente para a formação integral do aluno. Se você quer continuar por dentro dos assuntos relacionados à educação, recomendamos que você leia também em nosso blog o post que mostra os benefícios das atividades extracurriculares.

Quer mais conteúdo?

Preencha os dados e receba o melhor conteúdo sobre educação e atualidade!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This