Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Geração selfie: Como os pais podem ensinar os filhos a usar a internet sem se expor aos riscos?

criancas-usando-celular

As crianças e os jovens que nasceram no século XXI têm uma realidade muito diferente da vivida pelos seus pais. O acesso à internet é algo comum para esse público, que passa boa parte do dia conectado em seus tablets e smartphones.

A “geração selfie” registra e compartilha as mais distintas situações do dia a dia e isso pode ser um fator de risco para os jovens e seus familiares. As mudanças de comportamento  advindas da evolução tecnológica vem agregando novas preocupações para os pais devido a exposição excessiva de seus filhos na rede.

Mas de acordo com o estudo TIC Kids Online, realizado pelo Comitê Gestor de Internet no Brasil (CGI.br), 68% dos pais entrevistados acham que os filhos não passarão por situação de risco usando a internet.

Apesar do otimismo apontado na pesquisa, é essencial que os pais busquem acompanhar e ensinar os filhos a usarem a internet de maneira consciente A seguir, iremos compartilhar dicas importantes de como orientar os jovens a não se exporem aos riscos da internet. Confira!

Se aproxime do seu filho e não tenha medo de orientá-lo

Como abordado acima, as crianças e os jovens dominam os recursos tecnológicos e muitas vezes acabam ensinando os pais a utilizarem os dispositivos móveis. Apesar de conhecerem bem as ferramentas, esses jovens não têm a maturidade necessária para interagir em um universo repleto de possibilidades como é a internet.

Por isso, a aproximação e a orientação dos pais é essencial para que a tecnologia seja uma aliada e não um perigo. A dica é acompanhar os filhos, saber o que eles estão fazendo, conversar sobre os perigos da rede e selar uma relação de confiança, evitando as críticas e os julgamentos que possam interferir negativamente na aproximação dos pais.

Os filhos podem até dominar o uso desses gadgets, mas são os pais os responsáveis pela educação e orientação dos jovens, garantindo que eles naveguem na internet de uma forma segura.

Fotos, vídeos e hashtags: a exposição em um clique

Tirar selfies, gravar vídeos e compartilhar todos esses materiais nas redes sociais é algo muito comum entre os jovens de todo o mundo. Porém, a exposição excessiva na internet pode causar sérios problemas. Além das imagens e dos filmes, os adolescentes adoram fazer check-in e utilizar hashtags em suas postagens.

Essas condutas apresentam riscos, pois expõe a rotina do jovem para inúmeras pessoas. Por meio dessas publicações é possível saber, por exemplo, em qual colégio o adolescente estuda e quais lugares ele costuma frequentar. Essas informações em mãos erradas pode oferecer muitos perigos para o seu filho.

Sendo assim, os pais precisam seguir no ambiente online as mesmas orientações que dão aos filhos no mundo offline. Por exemplo, se um estranho se aproximar do seu filho na rua e perguntar quais são os seus dados pessoais, ele certamente desconfiará, pois foi alertado em casa sobre os perigos de conversar com estranhos. O mesmo deve acontecer no mundo digital. A família precisa conscientizar o jovem sobre os riscos que a exposição da intimidade na internet pode trazer para ele e seus familiares.

Agora que você já sabe como orientar o seu filho a usar a internet de maneira consciente, confira as nossas próximas postagens que trazem mais dicas e novidades sobre a educação de crianças e jovens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer mais conteúdo?

Preencha os dados e receba o melhor conteúdo sobre educação e atualidade!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This