Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Fortalecimento dos valores: Conheça a importância de envolver crianças e jovens em ações sociais

trabalho social

A criança começa a criar o seu carácter já na chamada primeira infância. É neste período que ela desenvolve a fala e a coordenação motora, além dos aspectos relacionados ao emocional e espiritual. Os primeiros sete anos são os mais importantes e devem ser repletos de ações positivas, contribuindo, assim, para a formação de um cidadão íntegro.

Deste modo, a consciência de responsabilidade social deve ser despertada ainda durante a infância, momento em que as crianças começam a reproduzir no dia a dia tudo aquilo que elas têm como o certo.

Saiba o que é considerado ação de responsabilidade social

Ação ou responsabilidade social nada mais é do que fazer a sua parte dentro da sociedade.  Essas atitudes podem ser colocadas em prática de diversas maneiras, desde que visem colaborar com comunidades e pessoas menos favorecidas. O retorno dessas ações é a formação de cidadãos comprometidos com o mundo ao seu redor.

A prática de ações sociais deve contar com o envolvimento dos pais, professores e coordenadores pedagógicos, além de ser passada de criança para criança. Um pequeno exemplo de ação social dentro da escola são as campanhas de arrecadação e distribuição de roupas e alimentos.

Mas, para essas ações serem efetivas, não basta apenas que os adultos deleguem funções para as crianças e adolescentes. O ideal é que eles entendam o motivo da ação, saibam quem será beneficiado e internalizem a importância das campanhas de cunho social. Sendo assim, o papel da escola e da família é o de conduzir as ações e mostrar ao jovem um olhar mais amplo e menos egoísta da sociedade.

Como envolver crianças em atividades sociais?

Um dos principais desafios encontrados por pais e educadores é o de despertar o interesse de crianças e adolescentes pelas atividades sociais. Por isso, quanto mais cedo a criança for envolvida nesse universo, melhor será o seu engajamento nessas questões.

Algumas táticas ajudam a envolver gradativamente os jovens em ações sociais. Por exemplo, promover uma roda de conversa que aborde temas como meio ambiente, família, bullying e desigualdade, permite que o jovem amplie a sua visão sobre o mundo e suas diferenças.

Outra maneira de engajar os alunos é por meio do mapeamento de problemas dentro da escola ou da comunidade que a circunda. Nessa atividade, os estudantes têm a chance de enxergarem os arredores, unindo forças para encontrar soluções para os problemas apresentados.

Conheça os benefícios das ações para o fortalecimento de valores

Ao trabalhar com os aspectos sociais todos saem ganhando. A longo prazo, essas medidas ajudam a diminuir barreiras e diferenças sociais, incluindo e dando mais oportunidades para quem precisa.

Já para quem pratica as ações, neste caso as crianças e os jovens, além da empatia e do desenvolvimento da liderança, ocorre o fortalecimento de valores importantes para a formação do caráter, como humildade, respeito, responsabilidade e amor ao próximo.

Promover projetos de cunho social é, como vimos, um passo importante para que os jovens cresçam conscientes do seu papel na sociedade, algo fundamental nos dias de hoje, nos quais é cada vez mais comum as pessoas apresentarem atitudes individualistas e preconceituosas.

Para continuar por dentro dos assuntos relacionados à educação de crianças e jovens, não deixe de acompanhar as próximas postagens do nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer mais conteúdo?

Preencha os dados e receba o melhor conteúdo sobre educação e atualidade!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This