Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Conheça os erros que seu filho precisa evitar para ter um bom plano de estudos em casa

os-erros-que-seu-filho-precisa-evitar

Durante a trajetória escolar, as crianças e os jovens são inseridos diariamente em novos desafios, repletos de aprendizados. Mas, para garantir que todos esses conteúdos sejam internalizados, é preciso seguir um bom plano de estudos também em casa, levando em conta as características dos alunos e as especificidades de cada disciplina.

Quando se trata dos jovens que estão no Ensino Médio e, em breve, estarão concorrendo por uma vaga nas universidades, uma boa rotina de estudos se torna ainda mais importante. No entanto, na ânsia de aprender o máximo de conteúdos possíveis para ir bem no vestibular, os jovens acabam cometendo alguns erros nos estudos que podem acabar prejudicando o seu desempenho no exame.

Neste artigo, vamos listar as principais falhas cometidas pelos alunos ao estudarem em casa e como os pais podem ajudar os filhos a não passar por esses erros. Confira!

Não respeitar o seu próprio ritmo

Cada estudante tem um perfil diferente, que interfere também no seu plano de estudos. Por isso, é essencial que o jovem conheça e respeite o seu próprio ritmo. Por exemplo, há alunos que têm dificuldades para acordar cedo, então, destinar o período da manhã para estudar não é uma boa opção, pois o jovem terá poucas horas para se dedicar a essa atividade e, muitas vezes, não conseguirá ter a concentração necessária.

Caso o seu filho tenha o hábito de programar os estudos em períodos que ele não consiga cumprir, é interessante conversar com ele e tentar readaptar essa rotina, pois essas situações podem deixar a autoestima do estudante bem baixa, já que ele não conseguiu cumprir o que planejou.

Alimentação inadequada

Para se manter atento aos estudos, principalmente em ano de vestibular, alguns estudantes acabam abusando de bebidas estimulantes, como o café. Porém, o exagero ao tomar café pode levar ao efeito contrário, deixando o aluno com dificuldades para se concentrar. O mesmo vale para os energéticos, que em excesso podem causar dores de cabeça, tremores e até desencadear problemas gástricos e cardiovasculares em situações mais extremas.

Se dedicar apenas aos estudos

Pode parecer estranho, mas quando o jovem se dedica dia e noite a estudar, o resultado alcançado nem sempre é satisfatório. Isso acontece por conta da efetividade do estudo ser baixa quando o corpo e a mente estão cansados.

É preciso que o jovem durma ao menos seis horas por dia e tenha momentos para relaxar e se distrair com amigos e familiares. Como em outras áreas, o excesso nos estudos pode ser um grande vilão, então, se perceber que seu filho não larga os livros, é interessante conversar com ele e propor atividades que o permita relaxar.

Deixar tudo para depois

Por fim, outro erro bastante comum ao traçar um plano de estudos em casa é o de deixar tudo para depois por achar que ainda há muito tempo até o vestibular ou prova da escola. Os jovens acabam optando por atividades mais atraentes para eles, como sair com os amigos ou jogar videogame. Isso faz com que o estudante adie os momentos de estudo, comprometendo o seu planejamento e, consequentemente, o desempenho final.

A melhor dica para as famílias ajudar os filhos que têm esse comportamento é mostrando que com o acúmulo das tarefas ficará impossível para o jovem dar conta de tudo, mesmo que ainda haja dois ou três meses para o exame.

Apresentamos neste artigo os erros mais comuns cometidos pelos alunos ao traçarem um plano de estudos em casa. Assim como durante toda a trajetória escolar, a participação dos pais é muito importante para ajudar o jovem a perceber e a corrigir essas falhas, visando alcançar os seus objetivos futuros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer mais conteúdo?

Preencha os dados e receba o melhor conteúdo sobre educação e atualidade!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This