Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Ensino remoto: saiba como ajudar as crianças em fase de alfabetização

alfabetização remota

Ensino remoto na educação básica não era algo que as famílias, alunos e educadores estavam preparados. Entretanto, todos tiveram que se adaptar a essa nova realidade, pois com a pandemia do novo coronavírus as escolas de todo o país passaram a adotar o formato com atividades remotas.

No início, em meados de março e abril, a adaptação foi o maior desafio. Os educadores precisavam entender as novas necessidades e identificar formas de atendê-las. Encontrar as ferramentas ideias de trabalho remoto também fez parte desse processo repleto de novidades.

Mas, com o passar das semanas todos foram se adaptando e focando os esforços em prol do aprendizado dos alunos. A participação das famílias nesse processo se tornou algo fundamental, principalmente para os alunos que estão em fase de alfabetização.

Orientar e criar uma rotina ativa que contribua para a alfabetização são algumas das iniciativas que os pais devem seguir para ajudar os filhos. Se você está passando por essa situação em sua casa, confira a seguir algumas dicas práticas de como auxiliar as crianças que estão sendo alfabetizadas nessa fase de ensino remoto.

Parceria escola-família no ensino remoto

Sabemos que quando pais e educadores seguem unidos a favor do aprendizado dos alunos os resultados são muito satisfatórios. Mas, diante do ensino remoto a parceria escola-família se tornou ainda mais essencial. No caso dos alunos em fase de alfabetização, o suporte e a orientação dos pais são muito importantes para que os aprendizados obtidos sejam fortalecidos.

Mas, para isso acontecer na prática, primeiro o colégio precisa entender o papel dos pais neste processo e auxiliá-los. Por ser uma situação nova para todos, a troca de experiências é fundamental. Da parte dos educadores, é interessante utilizar uma linguagem que os pais compreendam durante as conversas, e também pensar na elaboração de atividades possíveis de serem aplicadas nessa nova rotina.

Os pais também devem compartilhar suas dúvidas e possíveis limitações, assim a parceria será baseada no real e não em algo que está longe de ser vivenciado pelos alunos e pais durante essa fase de alfabetização no ensino remoto.

Trabalhando a alfabetização nas ações do dia a dia

Todos estão passando mais tempo em casa devido a pandemia. Crianças em ensino remoto e muitos pais trabalhando no formato home office. Separar uma parte do dia do seu filho somente para focar na alfabetização pode ser algo desgastante para a criança, que já passou horas em ensino remoto.

Por isso, um dos desafios dos pais nesse período é utilizar a criatividade para trabalhar a alfabetização além das atividades remotas. Uma dica que não costuma falhar é estimular a criança a treinar os seus conhecimentos em situações do dia a dia e de forma natural.

Por exemplo, os pais vão ao supermercado e precisam fazer uma lista do que comprar. Convide o seu filho para esse momento e, dependendo da fase de alfabetização que ele está, dê a ele a tarefa de escrever a lista de compras. Claro, esteja presente nesta atividade, ajude a criança quando ela tiver dúvidas e corrija de forma explicativa os possíveis erros.

Outra atividade que irá trabalhar a alfabetização de maneira natural são as rodas de leitura em família. Cada um fica responsável por ler uma parte da história. Para que seja algo enriquecedor para a criança, é importante respeitar o tempo dela e incentivá-la a prosseguir mesmo se encontrar dificuldades.

Depois da leitura, para estimular a escrita, os pais podem convidar o filho para criar a sua própria história, com os seus personagens favoritos. Essa atividade já rende uma futura interação, na qual a criança lê para os pais a historinha que ela mesma criou.

Vimos neste artigo que para ajudar as crianças em fase de alfabetização no ensino remoto é importante a união de pais e professores e também o desenvolvimento de situações propícias para que o aluno fortaleça o seu aprendizado dentro do nosso “novo normal”.

Para continuar por dentro de dicas sobre educação, acompanhe as próximas postagens do nosso blog e siga-nos também nas redes sociais.

Pin It on Pinterest

Share This