Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Ensino médio: foco no vestibular ou aprendizado para a vida?

vestibular

Cuidado para não transformar esse momento da vida do estudante em uma grande revisão para os processos seletivos, afinal, o Ensino Médio tem seus próprios conteúdos

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN nº 9394/1996) organiza a educação escolar brasileira em Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Superior. A obrigatoriedade (de o estado ofertar e do cidadão ter acesso) está nas três primeiras etapas de ensino, sendo a graduação e as pós-graduações escolhas de cada um.

Por anteceder o nível superior, que é quando o aluno faz a opção por cursar algo que tenha a ver com a sua escolha profissional, o Ensino Médio acaba por carregar o peso de prepara-lo para os processos seletivos que vêm pela frente, a começar pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

É por isso que muitos pais, na entrevista de matrícula para a Educação Infantil, já perguntam na escola qual é a colocação dela no ranking. Cuidado, pois, em algumas escolas, alunos com notas mais altas são agrupados em uma sala justamente para que a instituição consiga um bom desempenho.

Nessa hora, é preciso ter clareza para não transformar a última etapa da Educação Básica em uma grande revisão para os processos seletivos. O Ensino Médio tem seus conteúdos próprios que consideram a formação integral do aluno, de maneira a adotar um trabalho voltado para a construção de seu projeto de vida e para sua formação nos aspectos físicos, cognitivos e socioemocionais (LDB).

Preparo para a vida

No Brasil, o Ensino Médio tem a duração mínima de três anos e sua finalidade é consolidar e aprofundar o que foi aprendido no Ensino Fundamental. Inclusive, é essa base que vai estruturar os conhecimentos que ainda virão, aconteçam no Ensino Superior ou em qualquer outro tipo de curso: livre, extensão, corporativo etc.

É momento de se aproximar do mundo trabalho, conhecendo mais sobre as profissões que ele pode seguir, atentando-se para as constantes transformações do mercado. Por causa dessas mudanças, é preciso ser flexível e entender que o estudo para aperfeiçoamento o acompanhará pela vida.

Sabe a hora em que o aluno questiona: “por que eu estou aprendendo isso?” É importante apresentar a ele fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática, no ensino de cada disciplina. Ele já está maduro para se aproximar desses conhecimentos e terá a sensação de que “as fichas estão caindo”.

É hora também de educar esse aluno para a cidadania, expondo-o mais às questões sociais e o ensinando sobre direitos, deveres e atualidades do Brasil e do mundo. Essa parte vai aprimorá-lo como ser humano, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico.

Quer mais conteúdo?

Preencha os dados e receba o melhor conteúdo sobre educação e atualidade!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This