Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Educação ambiental: saiba como conscientizar crianças e jovens sobre a importância de cuidar do meio ambiente

educação ambiental

Após anos e anos de desmatamento e utilização incorreta dos recursos naturais, o mundo vive um momento de muita preocupação com o meio ambiente. As intensas mudanças climáticas presenciadas nos últimos anos estão alterando a trajetória dos seres vivos, incluindo nós, humanos. Tempestades, furacões e inundações são apenas alguns dos exemplos de catástrofes impulsionadas pelo aquecimento global.

Diante de um cenário tão complexo e que precisa mudar de forma rápida, a educação ambiental desde a infância se torna a principal “arma” contra os ataques diários ao meio ambiente.

Crianças que crescem sabendo da importância de cuidar da natureza para o progresso da vida se tornarão adultos conscientes e que farão o melhor para o planeta. Além disso, os pequenos têm o poder de influenciar até mesmo os mais velhos que possuem hábitos e comportamentos ruins, por exemplo, o de jogar lixo na rua.

De acordo com estudo publicado na revista Nature Climate Change, realizado por cientistas sociais da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, crianças entre  10 e 14 anos anos influenciam diretamente a opinião de seus pais em relação às mudanças climáticas e aumentam a preocupação deles sobre o tema.

Para que a educação ambiental faça parte da formação das crianças e jovens, é importante que a escola e as famílias estejam alinhadas e preparadas para conscientizar filhos/alunos sobre a importância de cuidar do meio ambiente.

A seguir, reunimos algumas dicas de como trabalhar o tema em casa e na escola. Confira!

Educação ambiental no colégio

Durante a trajetória escolar, os alunos têm contato com as bases teóricas da sustentabilidade, como ciclos biológicos, ecossistema, vida animal e recursos naturais. Esses conceitos são muito importantes para que os estudantes compreendam que tudo está conectado, e que ações invasivas podem comprometer estruturas e até mesmo o desenvolvimento de vidas.

Porém, para que a educação ambiental se torne uma prática constante na vida das crianças e dos jovens, fazendo parte do dia a dia, é fundamental que a sustentabilidade também seja ensinada de forma prática. Há muitas maneiras de abordar o assunto no colégio, estimulando a participação ativa dos alunos, por exemplo:

  • campanhas de reciclagem de lixo;
  • criação de hortas dentro do colégio;
  • plantio de árvores em áreas públicas (com as devidas autorizações da prefeitura local);
  • ações para economizar energia elétrica;
  • adoção de garrafas próprias para reduzir o uso de copos plásticos na escola.

Sustentabilidade em casa

Vimos que os filhos são capazes de influenciar os pais sobre os assuntos ligados ao meio ambiente. Essa conscientização pode ser ainda mais efetiva se toda a família estiver engajada. Por isso, abordar a sustentabilidade em casa também é uma responsabilidade dos pais.

Assim como na escola, há muitas maneiras de estimular a conscientização dos filhos desde a infância através de bons hábitos. Evitar o desperdício de alimentos, por exemplo, é essencial para que a criança perceba a importância do consumo inteligente. Segundo dados divulgados pela ONG Akatu, cerca de 40 mil toneladas de alimentos vão para o lixo diariamente, o suficiente para alimentar 25 milhões de pessoas todos os dias.

A mesma lógica do consumo consciente dos alimentos também deve ser trabalhada em outros campos com as crianças, por exemplo, na aquisição de brinquedos, roupas e demais itens que têm como principal objetivo o “status” e não a real necessidade.

Em conjunto, a escola e a família são capazes de oferecer para as crianças e jovens uma educação ambiental que vai além do colégio, estando presente na rotina dos estudantes e em suas ações diárias.

Para continuar por dentro de dicas ligadas à educação, veja também em nosso blog o post que mostra qual o limite de utilização das telas para um desenvolvimento saudável das crianças.

Quer mais conteúdo?

Preencha os dados e receba o melhor conteúdo sobre educação e atualidade!

Obrigado!

Pin It on Pinterest

Share This