Paste your Google Webmaster Tools verification code here

TEMAS ATUAIS

Temas indispensáveis à formação de uma sociedade crítica e democrática

Dicas para controlar a ansiedade dos alunos que seguem no ensino remoto

ansiedade

De acordo com a Prefeitura da cidade de São Paulo, as aulas presenciais para o Ensino Médio estão liberadas desde o dia 03 de novembro. Seguindo todos os protocolos sanitários, que contemplam o uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social de 1,5 metros entre cada estudante, as escolas da rede pública e privada iniciaram o retorno gradual ao espaço físico.

Por enquanto, os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental seguem exclusivamente com o ensino remoto. Para essas faixas etárias, os colégios podem oferecer somente atividades extracurriculares ou dirigidas.

Diante dessa situação, muitas famílias têm filhos voltando às aulas presenciais, enquanto os mais novos continuam estudando em casa. Uma das dificuldades dos pais é controlar a ansiedade dos alunos que ainda seguem com o ensino remoto.

Se essa é a realidade em sua casa, te convidamos para conferir na sequência deste artigo dicas de como ajudar o seu filho a controlar a ansiedade no ensino remoto, já preparando o jovem para um possível retorno presencial.

Mantenha a rotina de estudos

Ao ver os irmãos e colegas que estão no Ensino Médio retornarem às aulas presenciais, é comum as crianças e jovens questionarem porque eles ainda seguem no ensino remoto. A frustração de não poder retornar nesse momento pode acabar comprometendo a dedicação nos estudos, por isso, os pais precisam incentivar o filho a manter a sua rotina.

Como ainda não chegou o momento de retornar à escola, é importante que todos os horários, planejamentos e atividades sejam mantidos como nos últimos meses. A frustração e o desânimo dos alunos muitas vezes surgem porque a criança já estava adaptada a ter um companheiro em casa na hora dos estudos e sentirá a falta do irmão ou irmã que voltou para as aulas presenciais.

Para evitar a ansiedade nesse período, é importante que os pais de alguma forma se façam presentes, seja para reorganizar a rotina de estudos do filho, montar um cantinho para ele seguir com as aulas remotas e, claro, dar espaço para que ele compartilhe seus sentimentos e dificuldades, pois a união é fundamental para que esse processo de mudança transcorra de forma tranquila.

Apresente ao seu filho as possibilidades de retorno ao espaço físico da escola

Mesmo com o fim do ano bem próximo, ainda existe a chance dos alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental retornarem às aulas presenciais em 2020. É importante que os pais apresentem aos filhos essa possibilidade e também fale sobre o possível retorno somente em 2021.

Ao conhecer o cenário atual, os alunos, principalmente os mais velhos, conseguem controlar melhor a ansiedade, pois entenderão que o retorno à escola dependerá de uma série de fatores e que pode não vir acontecer esse ano. Essa é também uma forma de lidar com as expectativas, pois são mais de sete meses longe dos amigos e professores e a vontade de retomar a rotina escolar é grande.

Tudo no seu tempo

Para algumas crianças e jovens é difícil entender porque o Ensino Médio pode voltar às aulas presenciais e os demais ciclos não. Para controlar a ansiedade dos alunos no ensino remoto a dica é explicar porque a retomada começou pelos estudantes mais velhos.

Primeiro, é importante contextualizar o cenário da pandemia e dos cuidados para conter o vírus. Depois, vale explicar que os adolescentes possuem mais autonomia em uma série de processos, além de estarem mais preparados para seguir os protocolos sanitários, como uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.

Apresentamos no artigo de hoje algumas dicas para controlar a ansiedade dos alunos que seguem no ensino remoto após o retorno presencial do Ensino Médio na cidade de São Paulo. Para continuar acompanhando os assuntos relacionados à educação, não perca as próximas publicações do nosso blog.

Pin It on Pinterest

Share This